Pitaia

Palavra de Chef

Descrição

Você já ouviu falar desta fruta? Nós vamos apresenta-la a você! 

A pitaia é o fruto de uma série de cactos, nativos da América Central e do México, mas que também são cultivados em Israel, China e no Nordeste do Brasil, principalmente em Pernambuco. 

Esses cactos são epífitos, dos gêneros Hylocereus e Selenicereus, ou seja, gostam de crescer se apoiando em outras plantas maiores, como árvores, mas sem as prejudicar. Podem atingir vários metros de altura dessa forma. Mas também podem ser facilmente cultivados em regiões temperadas. 

Pitaia significa Fruta escamosa, mas também é conhecida como fruta do dragão , em alusão ao  aspecto escamoso da sua casca. 

Existem três espécies: a pitaia-branca, que é rosa por fora e branca por dentro, a pitaia-amarela que é amarela por fora e branca por dentro e a pitaia-vermelha, que é avermelhada por dentro e por fora.  As flores da pitaia são grandes e brancas, e só florescem a noite, daí em alguns lugares são chamadas de “flor da noite”.

A fruta da pitaia pode pesar de 50 a 1000 g e é muito doce e rica em carboidratos e fibras. Pode-se come-la crua, em forma de sucos, geleias, doces e suas flores também são comestíveis, podendo ser usadas para fazer chá. Sua polpa é carnuda e cheias de pequenas sementes, que se assemelham ao gergelim e muito saudáveis. 

Mas as curiosidades dessa fruta ainda pouco conhecida não param por aí. Elas estão se tornando a fruta da moda, não só por estarem ficando mais fáceis de serem encontradas e mais baratas, mas por suas propriedades benéficas ao organismo. 

Ricas em fibras e antioxidantes como os polifenóis, são altamente benéficas nas dietas de emagrecimento e como complemento nutricional para esportistas. 

A pitaia vermelha por exemplo, é muito rica em vitamina A e ferro. As amarelas são ricas em zinco e todas possuem antioxidantes, que previnem a formação de radicais livres. 

Além disso, diz a medicina popular que ajudam a reduzir o colesterol ruim, a excretar metais pesados e a regular a glicemia e a pressão arterial, pois suas sementes contêm ácidos graxos essenciais, como o ômega 3. 

Além destes benefícios, servem para emagrecer, pois quando consumidas geram uma ação termogênica que acelera o metabolismo, ajudando a eliminar gorduras e a controlar o apetite. As frutas possuem ainda uma substância chamada tiramina, que ativa um hormônio no organismo, chamado glucagon, capaz de estimular o corpo a utilizar as reservas de açúcar e gordura, para transforma-los em energia. E isso ajuda a emagrecer. 

Além de todos os benefícios e vitaminas, a pitaia tem poucas calorias (50 calorias em cada 100 gramas), sendo uma fruta muito boa para se incluir em dietas de emagrecimento, pois induz facilmente à saciedade devido as fibras presentes em suas sementes.

 

 

Pitaia Vermelha Polpa Branca    100g

Acido ascórbico    25.0 mg

Cálcio    6.0 mg

Calorias    40.1

Carboidratos    9.2g

Proteínas    0.15g

Fibra    0.3g

Fósforo    19.0 mg

Gorduras    0.1g

Ferro    0.4 mg

Niacina    0.2 mg

 

 



Palavra de Chef
palavradechef.com.br © Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento Bitpix Imagem responsiva